800 291 291 – Serviço Número Verde (Grátis) Dias úteis das 9h às 21h
800 291 291 – Serviço Número Verde (Grátis) Dias úteis das 9h às 21h

Grelhar vegetais: como ser o rei e rainha do barbecue

Ainda acredita que os vegetais são aborrecidos? Continuando a nossa missão de comermos mais vegetais, este artigo explica como grelhar vegetais, indo muito além da carne ou do peixe.

Ao pensar em grelhados, associamos imediatamente carne ou peixe. No entanto, grelhar vegetais é algo que nos introduz novos sabores, ajuda-nos a consumir mais vegetais (essencial em qualquer dieta) e permite-nos criar deliciosos pratos seja como acompanhamento ou prato principal. A regra base para qualquer vegetal é grelhar sem qualquer tempero e só acrescentar o mesmo depois de estar grelhado. No entanto, não abuse do azeite.

De acordo com Tiago Morim, nutricionista Lev, “o máximo de azeite que deveríamos consumir durante um dia são duas colheres de café” e desta forma, se estiver de férias explore o seu mercado ou praça local. Se estiver em casa, aventure-se num mercado de produtos biológicos que já existem um pouco por todo o país ou visite o seu mercado mais próximo. E não tenha receio de perguntar ou experimentar vegetais novos. Tenha só em atenção a fase da dieta Lev em que está e as quantidades que pode consumir. Pode acompanhar a refeição com uma água ou até com estas receitas de chá frio.

As regras para grelhar vegetais
  • Aqueça o grelhador, mas não exagere na quantidade de carvão. A maioria dos vegetais prefere um grelhador com uma temperatura média (ao colocar a mão por cima, a quatro a cinco centímetros do lume, deverá conseguir mantê-la por cinco segundos). Caso não tenha um grelhador a carvão não desespere. Pode fazê-lo num grelhador elétrico.
  • Limpe a grelha, para que os vegetais não absorvam odores de outras comidas.
  • Grelhe sem a tampa. É fácil ultrapassar o sabor fumado bom dos vegetais, por isso deixe a tampa de lado. Este acessório apenas é necessário para grelhar carne. Contudo, se grelhar carne e vegetais, opte primeiro por cozinhar os vegetais, pois estes tendem a absorver mais facilmente os sabores.
  • Use espetos de metal. São perfeitos para os cogumelos, tomate cherry, brócolos, couve flor e até couves-de-bruxelas. Não são obrigatórios, mas ajuda a que os vegetais não caiam nas brasas, sendo mais fácil para virar. Se preferir pode também usar de bambu.
Como temperar os vegetais grelhados

Temperá-los é tão fácil como colocá-los na grelha. Na maioria dos casos, depois de grelhados, basta polvilhá-los com sal marinho e pimenta preta moída na hora. Pode também temperar com um pouco de vinagre e ervas aromáticas como tomilho, orégãos ou alecrim. Se quiser um sabor um pouco mais fumado, use uma paprika fumada. Quando usar especiarias tenha o cuidado de escolher ingredientes de qualidade e veja o rótulo. O ideal é que só tenha um ingrediente.

Ideias de vegetais que resultam, mas têm truque

Beringela

É ótima grelhada, no entanto se não for submersa em água com sal antes de grelhar, pode ficar esponjosa. Perfeita como acompanhamento ou como parte de um prato de vegetais.

Curgete

Corte a curgete em fatias. Como a curgete é parca em sabor, pode polvilhar com pimento antes de grelhar. Funciona melhor se acompanhada no prato com pimento e cebola.

Cogumelos

Grelhar em espeto. Pincelar no final com azeite e polvilhar com rosmaninho fresco.

Couve-flor

Corte em floretes ou em “bifes” e coloque num espeto. Depois de grelhada, pode temperar com gengibre e curcuma.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

WhatsApp WhatsApp Lev®