Entrega em 24h - Portes Gratuitos para encomendas acima dos 20€ - Portugal Continental

A alimentação no inverno deve ser diferente?

De um modo geral, a alimentação não tem de variar de estação para estação. Um estilo de vida saudável deve acompanhar todas as épocas do ano. O que é importante é a alimentação ser cuidada, equilibrada e saudável. Ainda assim, talvez concorde que nem sempre é fácil conseguir manter a linha durante o inverno e a verdade é que as suas escolhas fazem toda a diferença!

Durante o inverno existe uma maior tendência em passar mais tempo em casa. A condicionante do frio, e muitas vezes da chuva, acaba por limitar algumas atividades que antes nos levavam para a rua e nos mantinham mais ativos! Por outro lado, ao passar mais tempo dentro de casa, a comida acaba por ser uma distração e tentação. São vários os estudos que comprovam uma probabilidade de usar a alimentação como uma espécie de conforto nesta época do ano.

Para prejudicar um pouco mais a balança, também no inverno existe uma menor motivação para fazer exercício! Agora, com o corpo mais escondido pelas roupas quentes e invernais, o frio acaba por ser uma desculpa para não se exercitar tanto. Concorda? ;)

Conclusão: embora os cuidados devam ser contínuos durante o inverno, é importante que haja uma atenção extra na alimentação. Isto vai ajudá-la/o, não só a manter a motivação e a silhueta, como também a deixar o organismo saudável e preparado para enfrentar a estação mais rigorosa do ano!

Fizemos este artigo a pensar em si que quer ter uma alimentação adequada ao inverno. Siga as seguintes dicas de alimentos, alguns conselhos e até receitas:

1# Consuma vegetais variados

As vitaminas são particularmente importantes durante o inverno! A vitamina C e D ajudam a prevenir doenças, como as gripes e constipações, que se tornam bastante comuns nesta estação. É importante consumir vegetais variados de forma a ingerir estas e outras vitaminas, assim como manter o sistema imunitário fortalecido!

Aqui estão alguns exemplos de vegetais que deve consumir:

Agrião

Ideal pela sua quantidade elevada de vitaminas C e E, é também rico em ferro, iodo e potássio. Todos estes compostos são importantes para a saúde do seu organismo. Além disso, o agrião possui também propriedades digestivas, fazendo deste vegetal uma ótima escolha para quem quer manter a linha. Além disso, este vegetal tem uma ação anti-inflamatória.

Rúcula

O seu sabor ligeiramente picante, a rúcula torna-se num complemento especial para qualquer refeição. É rica em vitamina A, flavonoides e antioxidantes. Esta mistura, faz desta folha uma escolha bastante nutritiva! É também bem-vinda numa dieta de perda de peso, devido ao número baixo de calorias, são apenas 13kcal em 100g.

Aipo

O aipo é um alimento rico em água na maioria da sua composição. É um vegetal extremamente saudável. Por conter 96% de água é uma ótima alternativa para garantir os níveis diários de ingestão de água. É também rico em vitaminas, cálcio, sódio e fibras que previnem doenças infeciosas.

2# Opte pelas sopas

As sopas são uma ótima opção para o inverno! São refeições quentes e aconchegantes, ideais para o final do dia, ou até para um almoço mais leve. São também alternativas equilibradas para manter um estilo de vida saudável e extremamente nutritivas.

Ainda assim, é necessário ter em atenção a receita que escolhe! Algumas sopas são mais nutritivas que outras, algumas mais calóricas que outras. Experimente fazer uma sopa com vários legumes, de maneira a diversificar as vitaminas e nutrientes.

Sugerimos a sopa de agrião:

Ingredientes:

  • 50g cebola
  • 1 dente de alho
  •  100g abóbora
  •  Sal q.b.
  •  1 chávena de chá de agrião (folhas e talos)

Preparação:

Descasque as cebolas e os dentes de alho e pique-os. Corte a abóbora em cubos e separe os talos das folhas do agrião. Deite as duas colheres de chá de azeite numa panela, junte a cebola, o alho e os talos de agrião bem picados seguidos dos cubos de abóbora. Deite uma pitada de sal, tape e leve a cozinhar sobre lume muito brando durante cerca de 10 minutos.

Adicione cerca de 1,5L de água e deixe ferver suavemente durante cerca de 25 minutos.

Retire alguns legumes antes de passar a sopa com a varinha mágica, de seguida retifique temperos e introduza as folhas de agrião.

Assim que retomar a fervura retire a sopa do lume, junte-lhe os legumes reservados e sirva.

3# Escolha acompanhamentos saudáveis e diversificados

5 acompanhamentos saudáveis e fáceis de preparar

Os acompanhamentos são muito importantes para tornarem um prato completo, nutritivo e também mais apetecível! É também uma maneira de ser mais criativa/o nas suas receitas e ter mais alguma motivação para desfrutar da sua refeição. No inverno, escolha acompanhamentos mais atraentes. Por exemplo, em vez de optar pela salada, que tal um puré de brócolos ou uma couve-flor gratinada no forno?

4# Aproveite os alimentos da época

Durante as diferentes estações, devemos tirar proveito o mais possível dos alimentos da época. Estes são mais saborosos e mais ricos em nutrientes. Aqui estão alguns exemplos de alimentos de época de outono/inverno:

Romãs

Ricas em vitamina C e B, são também uma excelente fonte de fibras. Possuem antioxidantes e são estudadas pelo seu papel na diminuição do colesterol.

Couves

A couve lombarda, couve portuguesa, grelos e todas as couves são particularmente ricas e típicas do inverno. Estas fornecem-nos vitaminas, cálcio, potássio, ferro, magnésio, entre muitos outros nutrientes! Vale a pena inseri-las na sua alimentação.

Abóbora

A abóbora é rica em minerais, no entanto, mais rica ainda em vitaminas, especialmente a vitamina A. É relativamente pouco calórica, sendo uma ótima substituta à batata.

Oleaginosas

As nozes, amêndoas, avelãs, pistachos, entre outros, fazem parte das oleaginosas que são frutos secos do inverno. O seu sabor é bastante mais agradável nesta altura do ano e o seu valor nutritivo assim as acompanha. São especialmente atrativas pela sua diversidade de vitaminas e minerais, bem como pelo conteúdo de ómega 3 e antioxidantes.

Tenha em atenção às suas escolhas e quantidades, especialmente se estiver a realizar uma dieta de perda de peso, como é o caso da dieta Lev!

Esperamos que tenha gostado das nossas dicas para este inverno! Prepare-se para os próximos meses sempre com as escolhas mais saudáveis na sua alimentação. Boa sorte! :)

GuardarGuardarGuardarGuardar

GuardarGuardar

Compartilhar publicação
  , , , ,