Tomar vitaminas é realmente importante?

Tomar vitaminas é realmente importante?

Há algo cativante sobre as vitaminas e os suplementos. É uma sensação de ingerir um superpoder que nos vai tornar mais fortes, mais saudáveis, com mais energia, mais memória, mais tudo!

Embora nem tudo seja completamente irracional, a possibilidade de engolir todos estes benefícios à distância de um copo de água, pode ser tentadora. Ainda assim, pode também causar algumas dúvidas…

 Antes de tirar conclusões precipitadas e partir para a farmácia mais próxima, esteja atento a algumas dicas. Afinal, será que as vitaminas e os suplementos são realmente importantes?

Bom, a resposta é sim e não! Alguns especialistas defendem que a ingestão de vitaminas e suplementos não é de todo necessária. Afirmam também que podemos encontrar todas as vitaminas e minerais na sua forma mais básica, ou seja, nos alimentos. Assim, o que faz realmente a diferença é a alimentação que se leva. Uma alimentação equilibrada e variada deve ser sempre o ponto de partida!

A verdade é que um alimento é mais nutritivo do que um comprimido. Por exemplo, uma laranja, além de conter vitamina C tem também uma alta percentagem de vitamina B, minerais, cálcio, magnésio e até proteína.

vitaminas-suplementos-necessidade-alimentos

Desta forma, mesmo que a ingestão de vitaminas e suplementos pareça muitas vezes mais eficaz e mais imediata para as nossas necessidades, a verdade é que não é bem assim. A alimentação e a escolha certa de alimentos deve ser mais do que suficiente para manter o funcionamento adequado do corpo.

Mas, atenção! Existem algumas exceções. Por vezes, a toma de vitaminas e suplementos pode ser necessária para a saúde do corpo! Mas, porquê?

Existem algumas situações em que o nosso organismo necessita de um reforço. Por exemplo, no caso de estar a seguir uma dieta específica em que há restrições em algum tipo de alimento. Aqui, existe o risco de haver uma descompensação de vitaminas, sendo necessária uma ajuda extra. Os suplementos multivitamínicos podem ser a solução.

Também, quando a alimentação é pouco saudável, recaindo constantemente em alimentos pouco nutritivos (no caso de muita gordura e açúcar) podem também gerar, a longo prazo, alguns problemas graves nutricionais. Neste contexto, é também importante compensar esta deficiência e ingerir vitaminas e suplementos específicos. Finalmente, alguns problemas e condições de saúde, podem também exigir um cuidado extra no que toca a nutrição.

Uma coisa é certa: qualquer que seja o seu caso, ou necessidade, deve haver sempre uma avaliação por parte de um especialista e jamais abusar da ingestão de suplementos. É realmente difícil ultrapassar as doses diárias saudáveis de vitaminas a partir de alimentos, no entanto, o mesmo não se pode dizer quanto às doses farmacológicas.

Esperamos ter ajudado! Caso deseje seguir uma dieta saudável e ser acompanhado por um especialista, pode marcar a sua consulta gratuita aqui ou dirigir-se s uma clínica Lev próxima de si.
Partilhar post
  , ,


Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>