Dieta Detox – Dicas para voltar à forma depois do Natal

O que significa uma dieta detox? Detox significa desintoxicante.

Com os excessos alimentares típicos desta época festiva, aumenta a ingestão de ingredientes mais prejudiciais. Tais são: o açúcar, a gordura, o sal e os aditivos. Para além dos referidos ingredientes estarem nas doçarias confecionadas em casa, estão também presentes nos produtos embalados processados (biscoitos, bombons e similares), bem como variados aditivos.

O açúcar e a gordura industrializados, prejudicam a sua saúde cardiovascular contribuindo também, muitas vezes, para o aumento de gordura corporal.

Uma vez que os órgãos como o fígado, rins e intestino são responsáveis pela metabolização e/ou eliminação de substâncias prejudiciais à saúde ou excesso para o organismo, é principalmente a estes que se atribui a conhecida função de desintoxicação.

Esta dieta não tem como objetivo principal a perda de peso. O seu objetivo é aliviar a carga de substâncias nocivas para a sua saúde e diminuir o esforço que esses órgãos tiveram de realizar devido aos excessos.

A estas substâncias nocivas damos vulgarmente o nome de “toxinas” e à dieta que nos reduz a sua carga, designamos por desintoxicante ou detox.

Mas afinal, o que são as toxinas?

As toxinas são as substâncias prejudiciais para o nosso organismo que levam ao envelhecimento e morte precoce de nossas células. Entre as que mais consumimos estão as gorduras, principalmente saturadas, hidrogenadas e transgénicas, os açúcares, os aditivos alimentares e as bebidas alcoólicas.

Para algumas pessoas podem também ter efeito “toxico”, a lactose, o glúten e mesmo alguns alergénios como o ovo, frutos oleaginosos ou sulfitos do vinho.

E como funciona a dieta detox?

Esta dieta tem como objetivo limpar o nosso organismo dessas substâncias (“toxinas”) e melhorar o seu funcionamento. Aqui estão algumas dicas para começar a limpar o seu organismo pós-natal:

#1 Deve reduzir ou eliminar da dieta as carnes vermelhas e fritos;

#2 Pode também ser retirar, temporariamente, fontes de lactose, glúten e oleaginosas. Ter atenção especial na dieta de pessoas com sensibilidade gastrointestinal (que sofram de enfartamento, gases, obstipação ou mesmo diarreias);

toxinas-corpo-desintoxicar

#3 Deve eliminar as bebidas alcoólicas. São uma sobrecarga para o funcionamento do fígado, desidratam o corpo e têm um valor calórico elevado, o que produz muitas vezes, aumento de peso e gordura abdominal;

E ainda, deve:

  • Privilegiar as confeções o mais naturais possível, sem açúcares nem gorduras de adição.
  • Incluir fontes de antioxidantes, em especial, vegetais e frutas. Caso esteja a fazer a dieta Lev, apenas deve consumir fruta a partir da fase 3, sendo que a quantidade destas deve ser moderada. Os antioxidantes previnem e combatem o envelhecimento das células. São exemplo as fontes de vitaminas A, C e os minerais como o zinco e o magnésio (tão importantes na renovação dos tecidos corporais).

O complexo vitamínico e o hipertónico Lev são boa opção para inserir na sua dieta detox.

  • Melhorar a hidratação com sopas, água, chás ou águas aromatizadas de forma natural. Isto é necessário para um melhor funcionamento de todos os órgãos, com atenção aos rins;
  • Incluir a sopa ao almoço e ao jantar, no início da refeição;
  • Dar preferência a grãos, leguminosas, alimentos integrais e reduzir ou evitar massa, pão, o arroz tradicional ou batatas em quantidades excessivas;
  • Aumentar o número de refeições de peixe confecionado sem gordura adicionada;
  • Dar destaque a legumes frescos ou cozinhados: metade do prato! Com pequena porção de azeite.

sopa-dieta-detox

Estes passos podem ser seguidos, no máximo 7 a 10 dias. Após a mesma deve continuar a ter uma alimentação equilibrada, com o menor consumo de alimentos ricos em toxinas possível.

E quais são realmente os benefícios da dieta detox?

A desintoxicação do organismo pela dieta detox oferece vários benefícios para nossa saúde. São exemplos:

  • O melhor funcionamento de fígado. Este órgão é fundamental para a manutenção de outros como os rins. Potenciando desta forma, a redução do colesterol;
  • Com a redução do consumo de açúcares o pâncreas fica menos sobrecarregado, onde não precisa de produzir tanta insulina, o que contribui para a saúde do diabético ou para a prevenção do desenvolvimento precoce da Diabetes Tipo 2;
  • Também o menor consumo de produtos açucarados com a perda de peso e gordura corporal potenciam uma redução da produção de insulina e da resistência das células à mesma;
  • Aumenta a hidratação, incluindo probióticos e fibras. Ao reduzir as porções de alimentos e gorduras, melhora o trânsito intestinal e impede a absorção de gorduras de forma inadequada. Isto também vai ajudar na redução de peso!
  • Tenha em consideração a inclusão de fibras caso sofra de distúrbios intestinais. Tomar o transit é uma opção viável nesta situação.

Em conclusão, é natural que perca peso com esta dieta, apesar de não ser esse, como já foi dito, o seu principal objetivo!

Aconselha-se assim a execução da dieta detox com acompanhamento de um nutricionista, o qual poderá indicar-lhe os alimentos mais adequados e ou substituições sem que surjam carências nutricionais ou comprometimento da sua saúde.
Marque já a sua consulta gratuita com um dos nossos nutricionistas, numa clínica perto de si!

Compartilhe esta publicação
  , , ,


2 thoughts on “Dieta Detox – Dicas para voltar à forma depois do Natal

  1. Uma vez que ja não ha nenhuma em leiria, como posso adquirir algo sem ter de ir para longe.

Comentários estão fechados.