Alergias na primavera? Saiba como manter a sua rotina de exercício!

Com a primavera chegam os dias longos, quentes e a vontade de trazer de volta à rotina o exercício físico na rua. Juntamente com esta estação, começam a florescer novas plantas e o pólen abunda no ar, trazendo as tão indesejadas alergias.

Como todos nós, alérgicos ou não, temos de continuar a praticar exercício para nos mantermos saudáveis, devemos estar preparados para saber o que fazer.

Quem é alérgico tem já o instinto ou o hábito, de começar a medicação logo nos primeiros espirros. Este é o primeiro conselho dos médicos e que deve ser seguido, quando recomendado. No entanto, existem dicas que o/a podem ajudar a desfrutar desta estação e a continuar em movimento, lá fora.

Tome nota das dicas que preparamos para si e tenha-as em conta antes de sair de casa:

1# Saiba exatamente a que se deve a sua alergia

É importante perceber a raiz da sua alergia para que se defenda melhor desta. É necessário estar atento aos sintomas e perceber se estes se repetem ao longo do ano, ou apenas nesta estação. Olhos constantemente a lacrimejar, espirros contínuos, nariz a pingar, sensação de comichão na garganta, estes são alguns exemplos dos sintomas que pode identificar facilmente.

Há vários tipos de flores e plantas com pólens diferentes. Se souber exatamente a origem da sua alergia, vai saber como se preparar, por exemplo, ao escolher os lugares onde vai praticar exercício e evitando sítios específicos onde existem flores ou plantas específicas. Para determinar as origens destas alergias, deve consultar um alergologista.

diferentes-alergias-polen-medico-primavera-dieta-lev

2# Verifique as condições meteorológicas

Embora a primavera tenha uma temperatura ideal para corridas e exercícios ao ar livre, é também a altura onde o calor começa a dar de si. O tempo mais quente é mais propício para níveis altos de pólen no ar. Em contrapartida, dias mais frios e mais chuvosos são normalmente menos arriscados. No entanto, nem todos os dias quentes devem ser considerados de risco para alergias!

Verifique o tempo antes de planear os seus exercícios. Na maioria dos sites de meteorologia, consegue saber o tempo e o nível de pólen no ar. Assim pode, em poucos segundos, planear a semana e perceber se deve, ou não, fazer os exercícios em casa ou na rua. A Rede Portuguesa de Aerobiologia tem também previsões e atualizações diárias sobre os níveis de pólen no ar, por região.

tempo-meteorologia-primavera-alergias-dieta-lev

3# Escolha a melhor altura do dia e local para praticar exercício

Assim como o tempo, também a altura do dia e o lugar onde treina podem ser influentes. Se puder escolher, treine logo de manhã ou faça-o ao final do dia. Os níveis mais altos de pólen no ar estabelecem-se por volta do meio dia e pelo início da tarde, por isso tente evitar estes horários.

Treinar de manhãzinha ou ao final da tarde tem também outras vantagens! De manhã, depois de uma noite bem dormida, estará cheio/a de energia, pronto/a para queimar calorias e iniciar o dia com motivação. Já ao final da tarde, vai poder relaxar e acabar em grande o seu dia, não há stress que sobreviva! ;)

Evite também parques ou lugares com muita vegetação. Mas lembre-se, o importante é sentir-se bem!

praticar-exercicio-primavera-desporto-dieta-lev

4# Opte por exercícios com menor intensidade

Muitas das pessoas que sofrem de alergias têm também asma. A asma é uma consequência da alergia e dificulta a respiração e, consequentemente, o exercício. É esta uma das razões porque deve manter a sua rotina de exercício com menor intensidade, nesta fase mais crítica.

Em vez de correr pode, por exemplo, fazer uma caminhada mais longa. Ou em vez de fazer um treino de cardio, pode optar por treinos de força mais direcionados para o trabalho localizado dos músculos. Também existem aulas com menor intensidade e que ajudam a relaxar, como é o caso da Yoga. Existem várias aulas de yoga que são dadas ao ar livre. Pode-se juntar a um destes grupos e experimentar algo novo, que tal? ☺

yoga-exercicio-menor-intensidade-dieta-lev

5# Livre-se do pólen em casa!

É inevitável não escaparmos ao pólen na rua. É também impossível evitar as consequências se estivemos estado expostos por pelo menos 30 minutos na rua. Mas, ainda assim, é aconselhado que mude de roupa e tome um duche.

Durante a época mais alta de pólen há possibilidade de chegarmos a casa e termos, tanto na roupa como no cabelo, pólen. Ainda que as consequências não possam ser evitadas, deve ter também alguma atenção às pessoas que vivem consigo e que podem também ser alérgicas.

Além disso, lembre-se que em dias realmente maus, deve evitar fazer exercício ao ar livre e optar por se exercitar em lugares fechados. A sua casa pode ser bela uma opção! Sugerimos aqui alguns exercícios.

Exercicio-casa-saude-dieta-lev

Se é alérgico ou não, o importante é estar saudável e tentar praticar exercício físico sempre que possível! Esperamos que estas dicas o/a tenham ajudado e inspirado para as próximas semanas.  Boa sorte e muita motivação ☺

 

Compartilhe esta publicação
  , , , ,


One thought on “Alergias na primavera? Saiba como manter a sua rotina de exercício!

Comentários estão fechados.